Notícias

Aston Martin encerra atividades no Brasil. - 22/03/2017 15:13

Depois de ver suas vendas caírem drasticamente nos últimos anos, a Aston Martin declarou o encerramento de suas atividades no Brasil. A marca britânica era representada pelo empresário Sérgio Habib, do Grupo SHC, responsável também por trazer para o país marcas como Citroën, Jaguar e, mais recentemente, a chinesa JAC.

Se voltarmos para 2011, as marcas de superluxo sofreram um golpe duro, já que naquele ano foram 227 carros emplacados com valores acima de R$ 1 milhão, dentre eles, 30 exemplares da Aston Martin. Em 2016, foram 51 superesportivos vendidos, dos quais apenas dois eram da marca que, nas telonas, é famosa por fornecer os carros o agente secreto James Bond. Foram dois modelos do Vantage.

 Quando chegou no Brasil em 2010, a montadora emplacou 18 carros. Em 2011, vendeu 30, como já dito; em 2012 foram 13; em 2014 foram 12 carros; em 2015 foram 11 unidades, chegando às duas do ano passado — ou seja, com excessão de seis atrás, as vendas foram despencando aos poucos até chegar aos números atuais.

A crise econômica vem abalando muito o mercado automotivo desde 2012. Em 2016, o comércio de carros novos caiu 20,1%, com impacto direto no setor de luxo. Em sete ano de mercado no Brasil, a Aston Martin emplacou 89 unidades no País.

Voltar